Blog

Neste espaço falamos sobre saúde e bem-estar. Acompanhe o Laboratório Pasteur de onde estiver.

COVID-19 e ambiente de trabalho

19

Feb

COVID-19 e ambiente de trabalho

Apesar do isolamento social ser a principal medida recomendada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para conter a pandemia da Covid-19, nem todos podem permanecer em casa. Para essas pessoas, o risco de exposição ao coronavírus é maior. Dessa forma, além das orientações gerais para evitar a contaminação, é preciso atenção a outros cuidados para as diferentes situações em que a pessoa precise sair do isolamento, como no ambiente de trabalho.
 
O ambiente de trabalho, onde circulam várias pessoas, pode ser um local em potencial para multiplicação de infecções respiratórias, como o novo coronavírus. Para diminuir a possibilidade de propagação do novo coronavírus no trabalho, a OMS divulgou um documento com orientações a serem adotadas por empregados e empregadores.
 
- Cadeiras, mesas, telefones, teclados de computadores e outros equipamentos precisam ser higienizados com pano e desinfetante regularmente;
 
- Se possível e em caso de surto, estimular o trabalho. Fora isso, os funcionários devem ser orientados a evitar o transporte público, em horários de grandes aglomerações;
 
- Funcionárias(os) também devem ser incentivadas(os) a lavarem as mãos regularmente;
 
- Lenços descartáveis devem estar disponíveis em diversos locais do ambiente de trabalho para o empregado assoar o nariz ou tossir sem espalhar gotículas com vírus. Lixeiras com tampa precisam estar ao lado para jogar fora o papel adequadamente;
 
- Se você está doente ou com febre e sintomas respiratórios, não vá ao trabalho;
 
- Se não tiver um lenço à disposição, cubra a boca e o nariz com o antebraço ao tossir ou espirrar, lavando o braço assim que possível;
 
- A empresa deve distribuir dispensadores com álcool gel em locais visíveis. Esses equipamentos também podem ser usados para colocar sabão líquido no banheiro;
 
– Espalhar cartazes que promovam a lavagem das mãos também é uma boa medida para os empregadores adotarem.
 
Lembre-se, se tiver dúvidas, procure a ajuda e suporte de profissionais de saúde para saná-las.
 
Fonte: OMS (Organização Mundial da Saúde).