Blog

Neste espaço falamos sobre saúde e bem-estar. Acompanhe o Laboratório Pasteur de onde estiver.

Lavar as mãos: hábito simples e que salva vidas

05

May

Lavar as mãos: hábito simples e que salva vidas

Esqueça máquinas super tecnológicas ou procedimentos complexos ensinados apenas na faculdade de Medicina. Não tem outro jeito: lavar as mãos é a forma mais simples e eficaz de evitar contágio e disseminação de doenças.
Por isso, o dia mundial de higiene das mãos é comemorado todos os anos em 5 de maio, mobilizando pessoas em todo o mundo com o propósito de aumentar a adesão à higiene das mãos nos serviços de saúde e na casa das pessoas para a proteção de todos – inclusive das crianças!
E em tempos de pandemia, esse hábito se torna vital para que possamos frear o crescimento da curva de contágio da Covid-19, protegendo a nós mesmos e as pessoas que mais amamos.
É obrigatório higienizar as mãos antes e depois das refeições, após o uso do banheiro, ao espirrar ou tossir, tocar em notas de dinheiro e cumprimentar pessoas e, para ser efetivo, esse processo deve durar, pelo menos, 20 segundos. Mesmo sendo um hábito rotineiro, poucos sabem como lavar as mãos do jeito certo. Quer aprender? Veja o passo a passo!
1 - Umedeça as mãos na água
O primeiro passo é evitar contato com a torneira da pia. Por ser de uso coletivo e contínuo ela pode estar contaminada. Mas como abrir a torneira de forma segura? Se for automática é só baixar o topo com o antebraço ou cotovelo. Se for giratória, abra com a ajuda de um papel toalha, assim não há contato com os dedos. Não esqueça de sempre retirar anéis, pulseiras e relógio enquanto lava a mão.
2 - Use um sabonete antibacteriano
Além de remover as impurezas da pele, lavar as mãos com sabonete ajuda a eliminar bactérias e diminui as chances de transmissão de doenças e infecções. Seja em barra ou líquido, incluir esse produto na sua rotina de higiene e limpeza das mãos ajuda com a sua proteção - e de quem você ama!
3 - Faça espuma nas palmas das mãos
Para higienizar as mãos corretamente, aplique o sabonete antibacteriano na palma de uma das mãos em uma quantidade suficiente para lavar todas as partes, incluindo a interna, externa, dedos, dorso, unhas e pulso. O processo deve ser feito de forma lenta, com movimentos circulares.
4 - Estenda a espuma até os punhos
Ao lavar as mãos aproveite para lavar também os punhos porque sem querer podem acabar encostando em superfícies e objetos. Para isso, enlace um dos pulsos com as mãos e faça movimentos giratórios. Repita o processo quando lavar a outra mão.
5 - Esfregue as costas das mãos
Esfregue a palma de uma das mãos contra o dorso da outra e faça movimentos de vai e vem. Nesse momento, você já pode começar a limpeza da parte interna dos dedos. Além dos vãos, esfregue a superfície interna e externa de cada dedo. Para higienizar as mãos corretamente, faça movimentos de vai e vem em cada dedo, inclusive os polegares, repetidas vezes.
6 - Não deixe as unhas de fora
Dentro das unhas se acumulam muitos germes que facilitam a proliferação de fungos, aumentando o risco de infecções. Aproveite então esse momento para limpar as mãos corretamente. Para manter as cutículas limpas, friccione-as no centro da mão esquerda contra a palma da mão direita, fazendo movimento circular, e depois troque as mãos.
7 - Retire a espuma das mãos
Depois de lavar as mãos, para retirar o sabonete delas, use um papel toalha para abrir a torneira ou aproveite a espuma do sabonete para lavá-la. Incline as mãos para cima (primeiro a parte interna e depois a externa). Assim o sabonete alcança uma parte do antebraço, aumentando a proteção. Seque as mãos com papel toalha e descarte no lixo. O próximo que usar a pia precisa repetir essas etapas. Pronto! Os germes foram embora junto com a água e a espuma.