Doenças

Confira a lista de doenças selecionadas por nossos profissionais e fique por dentro das características de cada uma.

Busca por letra

A B C D E F G H I

J

K

L M N O P

Q

R S T

U

V

W

X

Y

Z

Busca por nome

ANORMALIDADE DA SECREÇÃO DE GASTRINA

O gastrinoma consiste em tumor pancreático ou, mais raramente, duodenal, produtor de quantidades excessivas de gastrina, hormônio que estimula o estômago a secretar ácido e enzimas. O gastrinoma pode ser esporádico ou familiar, neste caso se apresenta no contexto da síndrome de neoplasia endócrina múltipla tipo 1 (síndrome de Wermer), distúrbio autossômico dominante que se caracteriza pela presença tanto de tumores pancreáticos (gastrinoma em 50-60% dos casos e insulinoma em cerca de 20%), como pela presença de hiperparatireoidismo (95-100% dos casos) e adenomas pituitários (em cerca de 25% dos casos).

O excesso de gastrina resulta na chamada síndrome de Zollinger-Ellison caracterizada,por úlceras pépticas graves, múltiplas e recorrentes (muitas vezes resistentes ao tratamento convencional), que podem estar localizadas no estômago, duodeno ou em qualquer outro segmento do intestino. Habitualmente, o paciente apresenta dor abdominal moderada a intensa e diarréia, que pode ser o primeiro sintoma em 35% a 40% dos pacientes. Hemorragia, perfuração e obstrução intestinal são complicações freqüentes. É interessante observar que em mais da metade dos pacientes com gastrinoma, os sintomas não são diferentes dos provocados pela presença de uma úlcera péptica de outra origem.

O diagnóstico laboratorial do gastrinoma pode ser estabelecido pela demonstração de valores anormalmente elevados de gastrina (usualmente superiores a 500 pg/mL). Quando analisado o suco-gástrico observamos quantidades muito elevadas de ácido clorídrico.

A localização dos tumores através dos exames de imagem é muitas vezes desapontadora, em função de seu pequeno tamanho (os tumores podem ter apenas 2-3mm) e por serem com freqüência múltiplos. Dentre os métodos de imagem mais utilizados, destacam-se a tomografia axial computadorizada (TAC), a ultrasonografia endoscópica e a arteriografia seletiva com coleta de amostras de sangue para determinação de gastrina em vários pontos.

O tratamento do gastrinoma é, sempre que possível, cirúrgico. Enquanto o paciente aguarda a cirurgia e naqueles pacientes que apresentam contra-indicação para tal, o tratamento de escolha consiste no uso de inibidores de bomba de prótons (omeprazol), drogas estas que são superiores aos antagonistas do receptor de histamina H2 (cimetidina, ranitidina). Em pacientes refratários está indicado o uso de análogos da somatastatina, que inibem a secreção de gastrina e, em conseqüência, melhoram a secreção de ácidos gástricos e a diarréia. A gastrectomia total está indicada em casos extremos, quando o paciente apresenta gastrinoma sem indicação cirúrgica e falha ou não aderência ao tratamento medicamentoso. Cardio G et al. Prognostic factors in patients with Zollinger-Ellison syndrome and multile endocrine neoplasia type 1. Gastroenterology 1999,116:286.

Hirschowitz BI. Zollinger Ellison syndrome: pathogenesis, diagnosis and management. Am J Gas

Referência(s) na Internet